domingo, agosto 20, 2006

Pegadas na areia

Uma noite eu tive um sonho…
Sonhei que andava a passear na praia com o Senhor, e, no firmamento, passavam cenas da minha vida.
Após cada cena que passava, percebi que ficavam dois pares de pegadas na areia: um era o meu e o outro era do Senhor.
Quando a última cena da minha vida passou diante de nós, olhei para trás, para as pegadas na areia, e notei que muitas vezes, no caminho da minha vida, havia apenas um par de pegadas na areia. Notei também que isso aconteceu nos momentos mais difíceis e angustiosos do meu viver. Isso aborreceu-me deveras e perguntei então ao Senhor:
- Senhor, Tu disseste-me que, uma vez que resolvi seguir-Te, Tu andarias sempre comigo, em todos os caminhos. Contudo, notei que durante as maiores tribulações do meu viver, havia apenas um par de pegadas na areia. Não compreendo porque é que, nas horas em que eu mais necessitava de Ti, Tu me deixaste sozinho.
O Senhor respondeu-me:
- Meu querido filho, jamais te deixaria nas horas da prova e do sofrimento. Quando viste, na areia, apenas um par de pegadas, eram as minhas. Foi exactamente aí que peguei em ti ao colo.
Carlos Marques

2 comentários:

Letras ao som das Palavras... disse...

ando mesmo indecisa em relaçao ao novo look do meu blog.. entras em joguinhos, é? estas a dar comigo em tonta...
beijos

Letras ao som das Palavras... disse...

:P
és divertido!
estou aprender contigo!
sim acho que agora é de vez, vai ficar assim o meu novo look! :)
esta bom?
beijosssss**